1ª Oficina de Planejamento Participativo do Plano de Manejo da APABF

“Promover, de forma participativa, ações de conservação do patrimônio natural e cultural no território da APA da Baleia Franca” foi a missão definida pelo Conselho Gestor da APA da Baleia Franca, reunido, em sistema de imersão, nos dias 02, 03 e 04 de agosto, em Laguna, visando  elaborar de forma participativa o  Plano de Manejo da Unidade de Conservação. Tendo como premissa básica que o Plano deva promover o diálogo entre saberes e conter uma visão clara do futuro que a sociedade deseja para o território, conselheiros, equipe do ICMBio e convidados definiram além da missão também  a visão da APA da Baleia Franca: “Ser um território, onde as práticas humanas sejam desenvolvidas com base em ações sustentáveis decorrentes de pactos sociais”.

A consultora Deisiane Delfino mediou todo o processo que resultou ainda na confecção do mapa situacional da APABF, uma fotografia preliminar dos problemas, conflitos e potencialidades de todo o território, terrestre e marinho, a luz do conhecimento e saberes do Conselho. Trabalhos em pequenos grupos e discussões no grande grupo, tendo a Visão no horizonte,  resultaram ainda em 10 objetivos estratégicos do Plano, abarcando quatro eixos: Conservação do Patrimônio Natural, Conservação do Patrimônio Cultural, Praticas Humanas Sustentáveis e Institucional.

A construção do Plano de Manejo da APA Baleia Franca compor-se-á de diversas etapas: Oficinas de Planejamento Participativo, Workshops (previstos para outubro), Oficinas Setoriais e Intersetoriais e Plenárias com o Conselho. Todo o processo está realizado com recursos da SSC Par, como compensação ambiental pela ampliação do Porto de Imbituba e também recursos do Programa GEFMar, através do Fundo Brasileiro para a Diversidade.

Plenária Extraordinária

O resultado dos três dias de intenso trabalho da Oficina de Planejamento Participativo do Plano de Manejo foi consolidado em Plenária Extraordinária, no dia 05 de agosto, quando o Conselho aprovou todos os produtos resultantes dessa 1ª etapa.  Na ocasião, também foi apresentado o escopo das oficinas setoriais, que devem acontecer a partir de outubro com todos os setores do território da Unidade e delineada estratégias de mobilização de cada setor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s